Início » Relacionamento » Pílula do dia seguinte – Tudo o que você precisa saber.
Relacionamento Saúde

Pílula do dia seguinte – Tudo o que você precisa saber.


É o medicamento indicado para casos em que pode ocorrer gravidez indesejada, ou seja, impede a gravidez. É vendida nas farmácias a cerca de R$ 20 ou oferecidas gratuitamente no posto de saúde mais perto de sua casa, podendo até ser buscada por adolescentes de menor e sem estarem acompanhadas. Hoje em dia a burocracia é menor, mas antes o paciente deveria esperar muito tempo em filas, esperando a disponibilidade de médicos no que aumentava as chances de gravidez pela demora. A pessoa toma 1 comprimido na hora que comprar e outro comprimido 12 horas depois, podendo tomar os dois de uma vez só para evitar esquecimento. Há também cartela de comprimido de pílula do dia seguinte que vem um só com uma alta carga dos componentes indutores do hormônio ou um só tipo de hormônio. Ela age nos hormônios ou retardando ou impedindo que a ovulação se concretize, quando o óvulo sai do ovário e vai andando pelas trompas de falópio ao encontro do espermatozóide que está vindo em direção do mesmo.

Ela age no ciclo menstrual do organismo reprodutor da mulher que envolve as trompas de falópio, ovários, útero, colo do útero, vagina. Quando a mulher menstrua, começa um novo ciclo onde o ovário vai emitir um novo óvulo e o útero vai se preparar para receber o óvulo fecundado, criando uma camada no útero, o chamado endométrio, camada essa mais grossa na parte interna (mucosa interna) do útero para receber o óvulo e também servir de nutrição para ele enquanto ele cresce. Essa camada é como se juntasse mais pele, várias camadas que inchassem para acomodar o óvulo, gerando um ambiente propício ao seu crescimento. Quando não há a fecundação, essa parte que reveste o útero cai em forma líquida, no que chama de menstruação. Em algumas mulheres ocorre em 26 dias cada ciclo, em outras pode levar um tempo a mais 31 dias. O período fértil é o tempo que consiste em metade do ciclo menstrual, quando o óvulo está mais preparado para receber o espermatozóide. Na verdade conta-se, por exemplo uma mulher que menstrua a cada 28 dias, o período fértil dela é o dia referente a 14 dias depois da menstruação, 14 dias +1, 14 dias -1, 14 dias -2, -3, -4,-5 e -6. Pode haver alguma discrepância. Por exemplo, a mulher que menstrua a cada 28 dias, a ovulação ocorrer um pouco antes e um pouco depois, por esse e outros fatos não se deve confiar tanto no cálculo do período fértil. Nunca o cálculo do período fértil é eficaz para fazer sexo desprotegido, mas sim deve ser usado para quem quer engravidar. E outra, pílula do dia seguinte não inibe a infecção com doenças venéreas, para isso, usar a camisinha.

A pílula do dia seguinte algumas vezes tem que ser usada com acompanhamento do médico pois pessoas que tem algumas doenças pode correr riscos ao tomar esse comprimido. Pessoas que já tiveram trombose, tromboembolia, AVC ou que tem pressão alta, diabetes, doenças no coração não é aconselhável chegar na farmácia e comprar para tomar logo, mas ir ao médico antes e fazer uma consulta explicando todas as suas condições. Ele também não pode ser tomado indiscriminadamente, toda vez que houver relação sexual com despreparo pois tem uma alta carga de hormônios que pode fazer mal ao organismo da mulher. Ele só deve ser usado em caso de emergência.

Super Slim X

Essa pílula é mais para emergências que é indicada em casos de estupro, por exemplo, ou quando a camisinha se rompe. Para evitar que a vítima conceba, tendo que ser tomada ate 72 horas do ocorrido, existe outros artigos que falam que pode ser tomado até 5 dias depois do acontecido, mas as chances são de 95% de não haver a fecundação se tomar até 72 horas. Ele deve ser acompanhado por um médico também porque ele tem que saber que tipo de remédio vai dar, pois em casos como este, a vítima pode já estar tomando a profilaxia anti-AIDS, que evita que o vírus HIV eventualmente infecte a vítima e também é administrada em até 72 horas do ocorrido (nas primeiras 36 horas há menos chance da infecção), e dura 28 dias levando 2 a 3 drogas, dependendo da gravidade do ocorrido. O médico tem que saber para passar a medicação certa para evitar efeitos colaterais ou anulação um do outro.

Características da pílula do dia seguinte

  • Impedir que o espermatozóide encontre o óvulo e se fecunde, assim eles não serão juntos e não ocorrerá a fecundação.
  • Muda o muco da vagina deixando espesso, dificultando a mobilidade dos espermatozoides (Note: Colocar pernas pro alto, andar ou ficar em repouso não interfere em nada)
  • Inibe a ovulação ou a retarda, fazendo com que o endométrio fique em uma condição não propícia, fazendo com que a gravidez não ocorra e os resíduos sejam desintegrados no corpo
  • Altera o transporte de espermatozóides, e o dos óvulos nas trompas (as mucosas internas das trompas tem microcílios que se mexem e fazem o ovulo “andar” e isso impede)
  • Não causa aborto. Há muitas discussões éticas a respeito sobre ser ou não ser aborto, alguns dizem que sim outros dizem que não. (Apesar de haver discussões sobre isso, uma coisa é certa, quando o óvulo não encontrou com o espermatozóide, não há vida se formando. Por outro lado, a pílula impede o desenvolvimento do óvulo já fecundado quando ele desce ao endométrio do útero, mas não se desenvolve ali.)

O Ciclo menstrual

O ciclo menstrual começa quando hormônios produzidos na glândula hipófise, e outros produzidos nos ovários, que tem cerca de 450.000 óvulos para serem usados a vida inteira. Lembrando que quanto mais o tempo passa e a mulher vai chegando na menopausa, mais difícil é ela engravidar. Quanto mais perto da menarca (primeira menstruação) mais fácil é dela engravidar. A hipófise libera o hormônio FSH onde os folículos crescem e amadurecem. Um deles crescem mais, o restante tem involução e diminuem e secreta o LH, outro hormônio que vai fazer com que libere no 14º dia mais ou menos, o óvulo que começa a descer pelas trompas, essa é a ovulação.

A menstruação ocorre quando a progesterona, outro hormônio, faz com que o útero fique com uma camada aveludada para receber o óvulo na sua parte interna. Se acontecer, esse revestimento serve de nutrientes para o óvulo, se não, tudo isso desce em forma de sangue na menstruação e um novo ciclo se reinicia.

Efeitos colaterais da pílula do dia seguinte

Existe alguns efeitos no organismo que pode aparecer ao se tomar a pílula. Foi tirado da lista a característica de engordar, pois o que causa isso é o anticoncepcional, não a pílula (aliás, o anticoncepcional causa inchaço no corpo e não aumento de gordura). Esses efeitos podem aparecer tanto na pílula dupla (que toma de 12 em 12 horas e que tem dois tipos de hormônios que simulam o que o corpo produz), quanto na pílula única.

  • Sensibilidade nos seios (a mulher, principalmente ao se trocar, vai sentir uma sensibilidade nos seios, principalmente no bico da mama)
  • Dor abdominal
  • Cefaléia (Dor de cabeça, por isso é perigoso se você já tiver dor de cabeça crônica ou já passou por AVC)
  • Fadiga (Sentimentos de cansaço no corpo todo, querendo ficar deitada o dia todo)
  • Diarreia (Dor de barriga que pode ser aliviada com remédios caseiros como o gengibre que melhora a digestão)
  • Sangramento desregulado (não no período menstrual)
  • Náuseas e vontade de vomitar
  • Alteração no ciclo menstrual

Ao se tomar a pílula mais de uma vez por mês ela pode perder a eficácia nas próximas e aumentar o risco de gravidez. Pode também desencadear uma série de sintomas no organismo, incluindo disfunções no ciclo menstrual.

Gravidez

A gravidez pode acontecer caso a pílula não faça efeito e pode ser detectada fazendo dois testes escolhidos pela mulher, ou o de farmácia ou o de laboratório. O de farmácia pode fazer já depois do primeiro dia de atraso, pois é quando ele já consegue detectar o hormônio que é produzido quando o óvulo se encontra com o espermatozóide. Caso dê negativo, poderá repetir 4 dias depois para ver o resultado e garantir. O teste em laboratório é necessário esperar mais alguns dias para fazer, mas é bem mais eficiente o resultado.

O que fazer

Quando a mulher tiver uma relação sexual desprotegida, o ideal é procurar um ginecologista primeiro. Quando ela chega no posto de saúde vai ser logo atendida não precisando entrar na fila, pois é caso de urgência. Chegando lá, ela vai ser atendida pelo médico primeiro, que vai dar as devidas orientações e passar os remédios, os quais vão ser repassados no mesmo dia à paciente, de forma gratuita. Caso haja a necessidade, outros remédios vão ser dados, além da pílula do dia seguinte, remédios para evitar a infecção com doenças venéreas. Caso a mulher já tenha feito uso da pílula comprada em farmácia, ela vai dizer tudo ao médico, que hora fez a relação, que horas tomou, e o médico também vai responder as dúvidas que ela tiver na hora para tranquilizá-la. Geralmente nestas unidades também tem um psicólogo para acompanhar o paciente na hora que for buscar os remédios, orientações do exame e para manter calma, porque geralmente eles chegam muito debilitado e abalados emocionalmente. Outras formas de contracepção podem ser recomendadas pelo médico para evitar essas emergências como o DIU (Dispositivo intra-uterino que é um dispositivo instalado no útero e de cobre e inibe a fecundação), injeções, anticoncepcionais, mas ela vão ser conscientizadas de sempre usar camisinha, pois é a única alternativa para não contrair doenças venéreas.

About the author

Hanna Gonçalves

Falo tudo pertinente ao gosto da mulher. As últimas da moda, aquele bafão que está todo mundo comentando ou também artigos úteis para toda mulher! Sinta-se em casa pois aqui o espaço é seu :).

3 Comments

Click here to post a comment

  • Mh Amiga teve Uma Relação não Indesejada, mas ai ela tomou A pílula do dia Seguinte do jeito certinho, porem a só vamos ver o resultado dps de 15 dias né isso? Mas desses dia pra cá ela esta com Medo de está grávida pq ela sente dores de cabeça e Aquela vontade De Vítima, e tipo Gostaria de sabe se é Normal Inchaço nos Pé?

    • Carla, se ela tomou a pílula exatamente no dia seguinte, há extremas chances dela não estar grávida. No mais não há nada mais do que fazer além de esperar, fique tranquila.