Início » Saúde » Dieta para Diabéticos: Saiba o que pode e o que não deve!
Dietas e Emagrecimento Saúde

Dieta para Diabéticos: Saiba o que pode e o que não deve!

Sua dieta não precisa ser tão restritiva como parece, aprenda aqui um cardápio delicioso e variado!

Quando se fala em diabetes as pessoas já imaginam o prazer de comer sendo retirado de sua via, mas não é bem por aí. Com estudos avançados sobre os alimentos, atualmente já se conhece bem o que um diabético pode ou não comer e vamos explicar tudo no artigo de hoje especial sobre dieta para diabéticos. Saiba a seguir quais alimentos você ainda pode manter e quais devem evitar para manter sua saúde longe das complicações dessa temida doença.

A dieta para diabéticos

Com a evolução da medicina e os constantes estudos sobre os alimentos a dieta para diabéticos mudou muito em relação ao cardápio que se usava antigamente, onde o paciente era restrito da maior parte dos alimentos, e muitas vezes não conseguia seguir por este motivo, causando sérias complicações após algum tempo.

Quem possui diabetes deve seguir um cardápio com alimentos que não deixam o nível de glicose no sangue subir e o ideal é mantê-lo sempre abaixo da média. Uma má alimentação com comidas gordurosas, cheias de açúcar e amido vão elevar os níveis de açúcar no sangue levando o corpo do paciente a sintomas extremos da diabetes como cegueira, obesidade mórbida, gangrena em extremidades do corpo, má cicatrização e até o coma diabético, que é a fase mais crítica do paciente, chegando até a morte.

Por esses motivos seguir uma dieta equilibrada é fundamental para manter a saúde em dia de uma pessoa que possui diabetes, mas mesmo assim continuar tendo prazer ao comer, tudo depende de equilíbrio e moderação.

Diabetes tipo 1: O que posso e não posso comer

Para quem sofre de diabetes do tipo 1 alguns alimentos são mais recomendados que outros e vamos especificar aqui alguns deles que devem ser inseridos no seu dia a dia para manter os níveis de glicose em equilíbrio no seu sangue e ficar longe das complicações dessa doença.

Indivíduos que possuem diabetes do tipo 1 podem consumir carboidratos sim, mas devem ser carboidratos complexos e não os simples. O cardápio pode incluir arroz integral, batata doce, pães de fermentação natural feitos com farinha 100% integral e sem açúcar, macarrão e outras massas sempre integrais, porque essas farinhas contém muitas fibras que são importantes para o organismo não absorver rapidamente os açúcares.

Evite os carboidratos simples como batata inglesa, batata baroa, inhame, mandioca, pães de farinha branca, bolos, biscoitos industrializados, gorduras saturadas, frituras, pois todos esses alimentos são transformados em açúcar ao serem metabolizados no organismo, elevando os níveis de insulina no sangue.

Cardápio para diabetes do tipo 1

Café da manhã

– 1 porção de morangos ou frutas vermelhas

– 1 xícara de café com leite desnatado ou de soja (sem açúcar ou com adoçante)

– 1 fatia de pão integral com queijo sem gordura (frescal ou ricota)

Lanche antes do almoço

– um chá de gengibre com canela e 2 biscoitos integrais

Almoço

– 1 porção de salada de preferência de folhas escuras temperadas com azeite extra virgem e orégano (que são ótimos para controlar a glicose no sangue)

– 2 colheres de arroz integral

– 1 uma proteína grelhada (frango ou peixe)

– 2 conchas de feijão

Lanche da tarde

– 1 porção de iogurte diet com linhaça ou aveia

Jantar

– 1 porção de salada de folhas escuras

– 1 porção de macarrão integral com legumes

Ceia

– Uma porção de salada de frutas com cheia ou um chá de sua preferência

Diabetes tipo 2: O que posso e não posso comer

A diabetes de tipo 2 é a diabete adulta, que se manifesta em pessoas já obesas e com sedentarismo, ou que já possuem histórico familiar e o seu pâncreas não produz insulina suficiente para metabolizar o açúcar no sangue que foi ingerido. Essa é uma diabetes que pode ter cura caso o paciente consiga seguir a dieta corretamente, perder peso e o organismo se restaurar.

É importante aqui também evitar os alimentos que contém carboidratos simples, gorduras saturadas e açúcar.

Deve-se consumir 3 porções por dia de saladas, legumes e frutas, além da importantíssima atividade física diária, para manter os níveis de glicose equilibrados e uma perda de peso gradual.

Cardápio para diabetes do tipo 2

Café da manhã

– Mingau de aveia feito com leite desnatado ou leite de soja, adoçante e uma pitada de canela por cima.

Ou

– chá verde com gengibre e canela

– 2 fatias de pão integral com ricota e geleia diet

– Frutas vermelhas

Lanche da manhã

– 1 pote de iogurte grego sem açúcar com 1 colhe de chia

Almoço

– 3 colheres (sopa) de arroz integral ou massa integral

– 1 concha de sopa de lentilha

– 1 porção de salada de couve e tomate cereja

– 2 colheres de abobrinha refogada com cebola e alho no azeite extra virgem

– 100 g de filé de atum grelhado

Lanche

– Salada de frutas com aveia

Jantar

– 1 prato de sopa de legumes com peito de frango desfiado

Ceia

– 1 xícara de chá de sua preferência ou de leite de amêndoas

Para os diabéticos que amam uma sobremesa há opções de sobremesas diets ou um chocolate meio amargo com 75% de cacau, sobremesas sempre com moderação, claro.

Gostaram das dicas de hoje? Conte-nos suas experiências.

Até a próxima!