Derrame Cerebral, Causas e Sintomas – Confira

Conhecido popularmente como “derrame cerebral“, o Acidente Vascular Cerebral (AVC) é a terceira causa de morte em vários países do mundo e a principal causa de incapacitação física e mental.

O AVC acontece quando uma artéria que irriga o órgão, levando nutrientes para ele, é obstruída, causando o sofrimento de suas células pela falta de oxigênio em um processo chamado isquemia, que pode levar a morte e a perda do tecido.

tres-consejos-simples-de-prevenir-un-derrame-cerebral5

Sintomas de Derrame Cerebral

Os sintomas do AVC ou derrame podem surgir de uma hora para outra e manifestam-se de forma diferente, embora os principais sintomas sejam:

  • Dor de cabeça intensa que surge de repente;
  • Diminuição da força de um dos lados do corpo, que é visível no braço ou na perna;
  • Perda da sensibilidade de uma parte do corpo, não identificando o frio ou calor, por exemplo;
  • Tontura, que leva à perda de equilíbrio;
  • Dificuldade em permanecer de pé ou ficar sentado;
  • Perda parcial da visão ou visão embaçada;
  • Dificuldade em comer e em engolir;
  • Rosto assimétrico, com boca torta e sobrancelha caída;
  • Dificuldade para levantar o braço ou segurar objetos;
  • Fala embolada, lenta ou com um tom de voz muito baixo e muitas vezes imperceptível;
  • Incontinência urinária ou fecal;
  • Movimentos incomuns e descontrolados, como tremores;
  • Sonolência ou mesmo perda de consciência;
  • Perda de memória e confusão mental, não sendo capaz de realizar ordens simples, como abrir os olhos;
  • Náuseas e vômitos.

Tratamentos do Derrame

O tratamento e a reabilitação dependem de cada caso. Há recursos terapêuticos que podem auxiliar na restauração das funções afetadas. Para que o paciente tenha uma recuperação melhor e qualidade de vida é fundamental que ele seja analisado e tratado por uma equipe multidisciplinar de profissionais da saúde, fisioterapeutas, médicos, psicólogos e demais profissionais.

Seja qual for o tipo do acidente, as consequências são bastante danosas. O AVC é uma das patologias que mais incapacitam para a realização das atividades cotidianas.

Como agir diante de AVC

Caso encontre uma pessoa desmaiada, que sofreu um AVC tente chamá-la e acordá-la. Se ela não acordar chame ajuda imediatamente.

Se estiver sozinho (a), ligue para os Bombeiros ou SAMU (193). Caso tenha outra pessoa capaz de ajudá-lo, permaneça ao lado do indivíduo enquanto a outra pessoa solicita socorro médico.

Quem pode ter AVC

Um AVC pode acontecer sem causa aparente, em qualquer idade, mas há fatores que aumentam a probabilidade de isso acontecer. Alguns desses fatores não podem ser alterados. Outros riscos podem ser reduzidos por mudanças no estilo de vida ou por medicação.

Como evitar e se precaver

Não existe exatamente um meio de se evitar um AVC. Porém, uma das formas que podem prevenir um AVC é manter um estilo de vida saudável, praticar exercícios físicos, não exagerar em bebidas alcóolicas ou utilizar drogas e cuidar da alimentação. Tudo isso proporciona mais saúde e bem-estar a todos.

1 comment

  1. ANA

    nossa eu tenho muito medo de sofrer qualquer dia desses com isso mas valeu muito pelo trabalho obrigado

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *